Cultura&Arte
Sê bem-vindo(a) ao nosso fórum.

Neste espacinho, podes partilhar interesses sobre diversos assuntos.
Neste fórum dedicado à cultura e arte, podes falar sobre filmes, músicas, livros, fotografia, desenho, etc.
Podes também partilhar trabalhos teus e publicar historias originais e/ou fanfics.

Estás à espera de quê?! Inscreve-te (aqui em baixo onde diz 'regista-te' sim?) ! Ou faz o teu login se já fazes parte deste nosso espacinho ^^,



 
InícioInício  PortalPortal  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 (Discução) Animação nos olhos das geraçoes: passadas, actuais e futuras.

Ir em baixo 
AutorMensagem
tomatrix
Scenester
Scenester
avatar

Idade : 31
Mensagens : 58
Pontos : 236
Data de inscrição : 02/07/2010

MensagemAssunto: (Discução) Animação nos olhos das geraçoes: passadas, actuais e futuras.   Sab 17 Jul 2010, 17:40

Bom, eis um topico que me veio á cabeça: a visão que a população tem da animação.
Como sabemos, no tempo dos nossos país e avós, a animação destacava-se para as crianças. Tinhamos o Mickey, a Heidi, etc..., dai que os nossos pais e avós estranharem animes como Dragonball devido ao conteudo violento e conceitos fantasticos como a ressureição, etc..
Numa discução ao almoço, a minha avó diz que não gosta da animação de agora por causa de já não ser tão para o publico infantil como agora, e culpou a animação de agora, juntaente com video jogos e outas coisas, como a razão da crescente violencia no mundo, em especial, em portugal.
Eu respondi que muitas das coisas acontecem porque os pais não acompanham os filhos nem os sabem fazer distinguir o ficticio do real, mas a minha avó disse que os pais não podem ficar com eles a cem por cento, dai talvez a razão principal da TV.
Eis o que podemos analisar: quando alguem fala de desenhos animados, quase sempre se vai á ideia de se tratar de entretenimento para crianças, mas talvez algo que a partir da chegada de anime a Portugal, a visão de animação tornou-se algo diferente. Nessa altura dava na sic animes como Sailor Moon, dagonballZ ou Saint Seiya. Na minha altura, anim era tratada como animação para o publico mais velho devido á maturidade. No caso de Dragonball, o publico alvo original eram os pré adolescentes e adolescentes, já que a serie é shonen. É verdade que é uma serie de lutas e temos coisas sem sentido como o facto das pessoas ressuscitarem, mas tambem os pais poderiam explicar o certo e o errado.
Um exemplo de ignorancia quando se fala na opção de animação na televisão fora o facto de dobrarem e meterem evangelion como uma anime para dar sabado de manha. Não me admira que haja crianças que ficaram afectadas com a violencia e confundidas com o conteudo filosofico e pricologico da serie, meteram uma serie para o publico mais maduro na hora das crianças.
Mas a coisa mais burra em questão de lançamentos de anime em Portugal não foi essa. Á uns anos atraz, lançaram em DVD, dois filmes Hentai e meteram-nos para crianças. Quer dizer, podem falar mal da sic radical por meter á uns anos atras, hentai á uma da manha, mas tambem a radical tratou o genero como ele é, animação para adultos.
Com tamanha ignorancia não me admira, já que tambem não falta por ai pais que deixam filhos menores jogar GTA.
A animação fora mais destacada como arte para todos, neste caso mais para o publico mais velho fora atraves do extinto canal, Locomotion. Esse canal, alem de diferentes generos de anime (excepto hentai lol), tinha series de animação para o publico mais velho de origem ocidental. Outro bom exemplo é talvez a sic radical que desde o seu primeiro ano de existencia, publicou anime e algumas series animadas ocidentais maduras.
O que posso concluir é que para a nossa geração, em especial no caso dos fãs de anime, animação é um genero de arte e não algo feito somente para crianças.
Qual é a vossa opinião sobre o tema?
Voltar ao Topo Ir em baixo
J@n!nh@
Administrador
Administrador
avatar

Idade : 30
Localização : Santiago/Beja
Mensagens : 156
Pontos : 473
Data de inscrição : 26/07/2009

MensagemAssunto: Re: (Discução) Animação nos olhos das geraçoes: passadas, actuais e futuras.   Sab 17 Jul 2010, 18:41

Na minha modesta opinião, o problema não é de todo os pais não seguirem os filhos, o problema são os canais de televisão que passam animes mais dirigidos para jovens adultos a horas que todas as crianças têm acesso.

A questão aqui é que, e como disses-te Tomatrix, o anime ou a animação em geral não é só para crianças, mas também para adultos, sendo assim acho que deveria de esxitir horas especificas para animação de crianças e de adultos. No caso da sic radical, bem o canal está bem estruturado nesse aspecto, a verdade é que à uma da manhã não devariam de haver crianças acordadas e a ver televisão, isso é sem dúvida um problema de controlo por parte dos pais.

Lembro-me que o Locomotion tinha muitas serie que não eram de todo viradas para o publico infantil e sim para o publico juvenil, o facto é que, e apesar de ter gostado muito do canal, eles escolhiam muito mal as horas em que passavam algumas series em Portugal.

Existem sem duvida animes muito violentos e lembro-me que na altura o Drangonball era moda, mas sempre ouvimos muitas desgraças que aconteceram noutros paises devido à serie, ainda assim nunca deixei de ver. Na altura não compreendia e ainda hoje não compreendo como é que crianças que tinham a mesma idade que eu e que viam o Dragonball poderiam tornar-se tão violentas e eu não. Pensava para mim como é que uns desenhos animados poderiam tornar as pessoas violentas se eu os via e não era...
Embora ainda não compreenda, acho que tenho um teoria, a culpa não é de facto dos desenhos animados, a culpa é dos pais. Sabemos que pode ser mau passar desenhos animados muito violentos em horas que as crianças possam ver, mas se os pais não lhes ensinarem a diferenciar o que está certo e errado e o que é ficção ou realidade, aí sim as crianças podem tornar-se violentas e até ficarem com psicoses...Acreditem, já presenciei um caso desses.

Utilizar animes violentos como desculpa para a violencia dos filhos é um modo dos pais descartarem a sua responsabilidade em educarem os mesmo. O meus irmão vê Drangonball, Naruto e todas essas coisas que se pode dizer que têm alguma violência e no entanto nunca o vi sequer levantar a mão para ninguém. Por isso não me venham cá dizer que a violência em Portugal ou no mundo se deve aos animes ou até mesmo aos filmes e jogos de video, nós, seres humanos, pais, mãe e irmãos é que não ensinamos às nossas crianças que a violência mata e é prejudicial para nós.

_________________


Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
anime_cg
Scenester
Scenester
avatar

Idade : 25
Localização : Em frente ao computador
Mensagens : 84
Pontos : 185
Data de inscrição : 05/09/2009

MensagemAssunto: Re: (Discução) Animação nos olhos das geraçoes: passadas, actuais e futuras.   Sab 17 Jul 2010, 19:48

Aqui no Brasil a coisa não é muito diferente.

Discuções como esta também não só existem como foram vários os políticos que se pronunciaram a respeito.

O caso é que, o horário para todo desenho animado, seja ele qual for, é entre às cinco horas da amanhã até, mais ou menos, às onze - onde começa a progração regional.

São duas as responsáveis pelo entreterimento infantil neste horário: Globo e SBT.

O último anime a passar na Globo foi Inuysha - que, segundo a Justiça Federal é indicado para adolescentes a partir dos catorze anos por seu teor violento. O que aconteceu? Não passaram menos de cinco episódios e sua proibição, no horário, foi expedida pela vara da Infância, em São Paulo.

Depois disto nunca mais ouvi falar do já citado anime nas televisões abertas.

No SBT uma polêmica ainda se faz. A referia rede de televisão quer passar o anime sem cortes - ou, dublar a versão japonesa, abrindo mão da distribuida pelos norte-americanos.

O problema, neste caso, foi o horário, já que a emissora estava a ser criticada devido ao teor de violência existente na animação. Antes de algum processo, o canal decidiu por cessar a transmissão.

Agora, segundo boatos, ela quer trazer Death Note e Bleach sem cortes e no horário das dez horas - ou, no mesmo em que transmite séries como Supernatural, que alavanca sempre a audiência.

Em relação a violência, assisti a uma palestra - já que estou a estudar para me tornar professor - em que dizia que as animações são, de fato, algo que influência, porém, o mais importante são os pais, que acham que a televisão é uma babá eletrônica.

Em cinemas é proibido menores a classificação etária assistirem a determinado filmes, porém, não é difícil achar os mesmos filmes na internet ou mesmo na televisão, que os passa em horário apropriado, porém, tem autorização dos pais para o verem.

Esta questão de violência, ao meu ver, esta todo na educação que os pais passam aos seus filhos. Ensinar o que é certo e o que é errado não é dever da escola nem de Governo algum e sim de casa.

Desenhos para adultos também sempre existiram e sempre existirão, assim como para os voltados para o público infantil.

Em suma: se um individuo diz que fez alguma coisa influênciado por algo que viu em determinada animação mostra que ou seus pais simplesmente o deixam ver de tudo ou nunca conversam com ele a respeito do que é certo ou errado, o explicando que, aquilo que aparece no desenho não passa de ficção.

xD, esta é minha opinião.
Voltar ao Topo Ir em baixo
joss
Scenester
Scenester


Mensagens : 14
Pontos : 44
Data de inscrição : 27/09/2010

MensagemAssunto: Re: (Discução) Animação nos olhos das geraçoes: passadas, actuais e futuras.   Qui 30 Set 2010, 12:18

A minha opinião:
Eu acredito que até certo ponto o que uma criança ou mesmo um (pré)adolescente vê, seja anime como é aqui a qestão ou não, tem de facto influência sobre no ele no caso que pode começar a banalizar certos conceitos.

Não falo daquelas cenas de "efeitos especiais", mas a ideia de que há que se vingar, de que se deve responder sempre à letra, de que a violência se pode justificar em alguns casos, isso são coisas que fican naturalmente gravadas em personalidades em construção.

E não nos esqueçamos que outro grupo de grande influência para alguém dessa idade, os amigos, passam exactamente pela mesma situação, o que reforça ainda mais a adquisição destes conceitos.

Por isso até certo ponto, quem controla o quê e a que horas passa na talavisão tendo em atenção este tipo de público é responsável sim. Mas os pais e educadores (reforço estes útlimos pois os jovens acabam por passar tanto tempo entre educadores como com os pais), como foi dito têm uma clara tarefa também em esclarecer devidamente as barreiras entre ficção e animação, em construir valores morais firmes e em limitar, quando necessário a visualização de certa cenas/animes/episódios. Cabe aos pais e educadores perceber que nem tudo o que é animação corresoponde ao entretenimento infantil.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: (Discução) Animação nos olhos das geraçoes: passadas, actuais e futuras.   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
(Discução) Animação nos olhos das geraçoes: passadas, actuais e futuras.
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Hal ~ Animação
» A mesma cidade, mas por outros olhos...
» Sobre os olhos de Itachi e Sasuke.
» [Resultado]XVIII Torneio de Fotos Cloth Revolution
» Ajuda para colónia de gatos com coriza

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Cultura&Arte :: Área Jovem :: Zona Livre-
Ir para: